quarta-feira, 7 de junho de 2017

Diário da (pseudo)Princesa #1

Estes dias andava a arrumar tralhas e dei de caras com os meus diários. Como verdadeira fã da Meg Cabot e da mítica saga literária "O Diário da Princesa", o meu eu de 12 anos tinha que ter escrito um diário. Achei o conteúdo daquilo tão hilariante, que tenho de partilhar aqui no Baú dos Livros aqueles desabafos naquela que será a crónica semanal "Diário da (pseudo)Princesa".


Dia 08 de Agosto de 2002

A partir de hoje vou escrever aqui o meu novo "capítulo":

A Adolescência

Pois é... estou a crescer e ninguém o pode impedir...só a morte...
Bem, vou começar por falar de mim: Tenho 12 anos e faço anos dia 31 de Dezembro, passei para o 8º ano de escola.
Fisicamente sou...gira?! Não eu diria que sou muito bonita...OK eu sou convencida!
Tenho cabelo e olhos castanhos. Tento manter o meu peso de 48kg. Não me perguntes que altura tenho porque não sei...
Pessoas que eu ademiro: 

- Josh Hartnnet - é um bom actor e...é uma bomba.
- Michelle Branch - canta bem e é o meu nome virtual na cidade da malta...lolol! (É verdade eu gosto de navegar no site www.cidadedamalta.pt)
- Navegantes da Lua....ah!ah! Adoro quando se transformam!
- Sakura 

Neste momento não me lembro de mais. 

Hoje vou ao Norte Shopping no Porto. 


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Como é que eu não havia de sofrer de algum bulling?! Bem, eu era uma criança bem estranha e dava muitos erros. No fundo só queria ser amada...se me perguntarem porquê a culpa é da quantidade de porcarias que via na televisão e lia nos livros. 

E pleaaaase! O Josh Hartnett é tudo menos uma bomba e um bom actor! Onde é que eu tinha a cabeça?! E é engraçado ver como as pessoas que eu admiro nem são bem pessoas...

Esperem pelo próximo episódio...há mais tesourinhos deprimentes para desvendar. 


5 comentários:

Ângela disse...

Eu de certeza que não partilharia as coisas dos meus diários.... Não é que esteja lá alguma coisa de jeito...

Ana Luisa Alves disse...

Lol o meu tem coisas inocentes de partir a rir, tendo em conta que era uma miúda de 12 anos.

Manuel João Cruz disse...

A última vez que li um "diário" meu, arranquei as páginas e queimei-as xD

Nem quis acreditar que escrevi coisas daquelas.

Ângela disse...

Uma vez ouvi uma senhora já com uma certa idade a dizer que não se deve deixar nada escrito, que não se devem guardar diários, e que ela própria queimou os dela...

Ana Luisa Alves disse...

Também tenho coisas muito melodramáticas escritas há coisa de 6 anos atrás. Essas também me dão vontade de as queimar...mas...aos 40 anos aposto que vão parecer como parecem estas que escrevi aos 12 anos: hilariantes XD