terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Balanço Energético...ups! Literário!

E cá estamos...penúltimo dia do ano - hora de fazer uma breve reflexão sobre o ano que passou!

Olhando para a minha lista de leituras, no Goodreads, noto que fiquei a 3 livros do meu objectivo anual de ler 25 exemplares...isto deixa-me triste, visto que houve anos em que eu lia mais de 30. 

Apesar de tudo, não é tão mau assim, se considerarmos o tempo livre que tive. O facto de ter tido mais cuidado a escolher aqueles que queria ler mesmo, também ajudou. Continuo com um monte de livros na mesinha de cabeceira, e mais de 300 no computador, mas posso dizer que não comprei nem um! Sim, eu sou aquela leitora que adora ler e que nunca precisa de comprar livros para o fazer. Como é que consigo? Biblioteca Municipal e a própria biblioteca dos meus pais (é bom ter pais, que gostam de ler e acumularam livros ao longo dos anos). Acho que agora a única altura em que compro livros, é quando os quero oferecer a alguém. Espero um dia, quando tiver o meu próprio emprego, continuar a poder aumentar a colecção. 

Dos 23 livros que li, quero destacar quatro de que gostei particularmente: "Gone Girl" de Gillian Flynn; "Sputnik, meu amor" de Haruki Murakami; "As Vinhas da Ira" de John Steinbeck; "Outlander" de Diana Gabaldon.

Que mais posso dizer sobre 2014? As férias de Verão foram dolorosas e curtas. Primeiro, porque arranjei forma de fazer uma micro-fractura no joelho, o que me impediu de sair de casa e ter grandes aventuras durante mês e meio e depois porque me meti a participar num estudo nutricional em cães. Não é que não tenha sido interessante, mas talvez não tenha sido particularmente útil para o meu currículo. Ainda assim, foi nas férias que me decidi finalmente pela área da veterinária que queria, graças ao mini estágio que tive oportunidade de fazer, e também não posso esquecer da aventura em Lisboa e o fim de semana no Douro, que foram muito bons!
 
Também adorei a viagem a Caminha, no inicio do ano. Sem dúvida que o Minho é uma das minhas regiões mais bonitas do nosso belo Portugal!

Aconteceram alguns eventos menos felizes, mas gosto sobretudo de me centrar no que correu bem. Com uma família e amigos especiais, com aventuras e livros, não posso deixar que as coisas más se sobreponham às boas.

Em 2015...bem, será um ano decisivo, um ano de mudança! Nunca gostei muito de mudanças, mas quando me vejo forçada a mudar, consigo sempre adaptar-me e acabo por gostar. Espero que este ano, cheio de desafios novos, seja simpático! Espero que também vos traga tudo de bom e que consigam cumprir os vossos objectivos, mas que acima de tudo, sejam felizes!




4 comentários:

Isaura Pereira disse...

Olá!

Este ano também li poucos livros!

E gostei muito do "Em Parte Incerta"de Gillian Flynn.

Bom ano de 2015!

Beijinhos e boas leituras

Alu disse...

Olá Isaura! Obg pela visita e pelos desejos de bom ano! Votos de um excelente 2015! Beijinho!

Ângela disse...

Que giro, eu também nunca compro livros para mim. :) Acho que em toda a vida devo ter comprado 3. De resto, leio por livros oferecidos, ganhos em passatempos ou requisitados da biblioteca. Mas a grande maioria são livros emprestados (ou dos meus pais, ou de irmãs ou de amigas ou do marido).

Ana Luisa Alves disse...

Antigamente, antes de ter descoberto o Kindle, comprava mais...agora é muito muito raro! Ou tem um preço abaixo de 5 euros, ou então nao compro...arranjo de graça na Biblioteca, emprestado (ou na net...shhh!).